Antevisão, Taça de Portugal

De cara lavada

Sábado temos um jogo frente ao Olhanense, para a 3ªRonda da Taça de Portugal, após um período de paragem de 15 dias para compromissos das seleções.
Um jogo frente a uma equipa da Série E do campeonato de Portugal Prio deve implicar uma mudança total no 11, principalmente face à sobrecarga de jogos que aí vem. Se tal não acontecer, será apenas porque algum dos elementos habitualmente titular necessita de tempo de jogo após o interregno de duas semanas (o que não nos parece ser o caso de algum).
No 11 inicial para a Taça não deverá constar nenhum elemento que vá ser titular no jogo frente ao Manchester United. E é partindo desta premissa que achamos que o 11 que vai alinhar de início é o seguinte.
11 inicial - Taça de Portugal - 3ªRonda.png
De realçar, aquela que deverá ser a estreia de Svilar com a camisola do Benfica. Ao contrário do que muitos meios de comunicação social dizem, cremos que a titularidade de Svilar no jogo seguinte não estará dependente da sua exibição no encontro da Taça; simplesmente a sua titularidade no jogo da Champions não é um cenário colocado em cima da mesa, a não ser por motivos de força maior (lesões dos restantes). Rui Vitória acha que ainda é cedo para lançar o jovem belga e não será a curto-prazo que Svilar assumirá a titularidade da equipa encarnada.
De entristecer a mais do que provável titularidade de Rúben Dias, sinal de que o jovem “capitão” não será titular no encontro da Champions League e Rui Vitória continua a teimar em não assegurar no 11 um lugar para um central que saiba ter a bola nos pés e sair a jogar.
Douglas deverá fazer a sua estreia e antecipamos desde já que não deverá fazer um jogo muito bom (muito tempo parado) nem muito mau (adversário muito inferior). Fará com certeza algumas coisas boas, o suficiente para muitos começarem já a dizer que temos substituto para Nélson Semedo. Não temos.
Chrien deverá também fazer a sua estreia, pois com o castigo de Samaris, Filipe Augusto necessita de alguém para o acompanhar no meio, fazendo Krovinovic desempenhar o papel que habitualmente pertence a Jonas. João Carvalho teve tempo de seleção e portanto não deverá ser opção (como nunca o foi até aqui). Má posição para Krovinovic mostrar o que vale e mau para João Carvalho que já merece mostrar o que vale (muito mais do que Chrien!). Caso o jogo não seja muito intenso, o eslovaco também deverá deixar boas indicações.
Gabriel e Rafa nas alas, sublinhando o facto de não serem primeiras escolhas para Rui Vitória. O primeiro compreende-se (desde logo porque está emprestado), enquanto que o segundo continuamos à espera que alguém lhe limpe a cabecinha e o ponha a render metade daquilo que ele pode render. Mesmo assim, com o pouco rendimento que terá, atrevemo-nos a dizer que Rafa deverá ser o homem do jogo, discutindo este título com Krovinovic e Seferovic.
Na frente, o suíço deverá jogar de início, remetendo Raúl para o banco de suplentes e para a entrada direta no 11 frente ao Manchester United.

E vocês, qual seria o vosso 11? Atrevem-se a antecipar quem será o MVP do jogo?

9 Comments

  1. Fernando Aguiar

    Ver Lisandor a titular faz lembrar o ditado que à 850948ª é de vez!
    Isto foi feito com base na convocatória? Aparentemente o Eliseu regressou tocado e se calhar não vai a jogo. Acham que se Eliseu não puder jogar entra Grimaldo, ou André Almeida na esquerda, já que não pode jogar contra o United? (Chamem-lhe parvo, aquela expulsão foi cirurgica. De fora dois jogos com o United quer dizer que nao aparece nos vídeos da desorganização!)
    Acham mesmo que o RV revoluciona o 11, especialmente a precisar de “testar” as “melhorias” que andou a aprontar na pausa para as selecções? Até porque ele é mais dado a um certo conservadorismo…
    Pessoalmente acho que vai ser qualquer coisa como Svilar; Douglas, Ruben, Jardel, AA; FAugusto, Samaris (se puder jogar)/ Krov, Krov/Rafa, Rafa/Cervi; GabiCoiso, #Esferovite. As barras todas ali no meio dependem do Samaris poder ou não. Se ele não puder os tipos puxam todos uma atrás.
    Eu pessoalmente, sem conhecimento de nada do que se faz nos treinos e tendo por base o que se tem visto e não visto, bem como o que a divisão em que o adversário joga: Svilar; Douglas, Ruben, Kalaica, Hermes (ou LE da equipa B); FAugusto, Chrien, Rafa, Diogo Gonçalves; GabiCoiso e Jimenez.

  2. Que eu saiba ainda não saiu a convocatória. Caso Eliseu não possa jogar deverá jogar Almeida, sim. Estas são as escolhas que achamos que RV vai fazer, daqui a uma 1h30 sai um artigo sobre as nossas 🙂
    Samaris não pode jogar porque está castigado. Fernando Aguiar, deixavas o Krovinovic de fora?

  3. Ruben Pedro

    Tendo em conta que o jogo é com uma equipa de um campeonato inferir, ser jogo para taça, fazer uma gestão psicológica dos jogadores menos utilizados e o facto de jogarmos para a UCL a meio da semana, apostava no seguinte onze:
    Svilar, Douglas, R. Dias, Jardel, Grimaldo, F. Augusto, J. Carvalho, Rafa, D. Gonçalves, Krovinovic, Gabriel B.

  4. Fernando Aguiar

    Queria tanto ver o Chrien, que me deixou curioso na pré época, que me esqueci do croata!
    Vi há pouco a convocatória e percebi que ainda não tinha saído.
    Não sabia se o castigo do Samaris era só em provas da Liga ou se todas as portuguesas. Entretanto Jardel fora. Devem actuar Luisão e Ruben…

  5. Fernando Aguiar

    Fdx Grimaldo e Fejsa titulares? Pizzi e Krov ainda percebo se for para ir testando a alternância entre os dois, mas meter os Monstros de Cristal num jogo da taça? NMF! (Não Me “Fecundem”)

  6. Diogo Santos

    Podemos até golear, mas na 3ª eliminatoria da taça jogar com fejsa e pizzi, o rui deve estar com o c* apertado.

  7. Edson Arantes do Nascimento

    É incrível como há certos jogadores que têm tudo e outros quase nada… Confesso que não tenho paciência para este Chrien, o miúdo não sabe nada do jogo. Mas tem muito mais minutos do que o J. Carvalho, que em pouco mais de 15 minutos foi dos melhores do Benfica. Deixem o miúdo jogar, porra!

  8. Edson Arantes do Nascimento

    Ah e ao contrário do que alertavas eu já sou defensor do Douglas. Só aquele à-vontade e prazer em ter a bola nos pés já é um upgrade fantástico. Estou farto de, em cada dez bolas, nove pararem nos pés do adversário por azelhice do A. Almeida. Douglas forever.

  9. Fernando Aguiar

    Pois a diferença de maturidade entre Chrien e Carvalh ficou bem vincadinha ontem. Quem sabe o esloveno/eslovaco se possa desenvolver num médio qualquer coisa melhor do que Samaris ou FAugusto.
    Quanto ao Douglas… Eh pá o Pedro Pereira não fazia o mesmo por menos dinheiro? Não estou mais fã do Brasileiro do que do Português, mas acho que qualquer um dos dois nesta fase é preferível ao Almeida.

Deixar uma resposta

Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: