Há variáveis com as quais não contamos e que devido a um outro pormenor circunstancial não se refletem devidamente no resultado final. Foi isto que nos aconteceu esta semana, onde o ambiente “extra-futebol” não se reflete devidamente na nossa metodologia de antevisão do jogo Feirense-Benfica.

Segundo a nossa metodologia, o Benfica teria um jogo razoavelmente fácil, apenas atenuado pelas condições do relvado e pouco mais… no entanto, tudo o que vai acontecer antes do jogo e durante o jogo (nas bancadas) fará escalar o grau de dificuldade. Prevê-se por isso um jogo muito difícil para o Benfica, tal como já explicámos aqui.

O FCP terá um jogo provavelmente mais difícil do que à partida seria de supor, uma vez que o Boavista deve-se apresentar com um bloco médio-baixo, situação que normalmente cria bastante dificuldades para o FCP. Um golo do FCP deverá desbloquear a situação, mas enquanto este não ocorrer (e pelo último resultado que o Porto teve) a instabilidade subirá à medida que o tempo passa e poderá atingir níveis similares aos que aconteceram em Paços de Ferreira.

Quanto ao Sporting, prevê-se um jogo cujo resultado em muito dependerá daquilo que o Rio Ave consiga ou não fazer e da abordagem que JJ tenha ao jogo.

Metodologia 27ª Jornada

Quais os vossos prognósticos?