Antevisão, Champions League

"Não queremos correr o risco do cérebro congelar"

Hoje há um “jornal” que faz capa com a seguinte manchete: “Revolução em Moscovo” e onde diz, que entre outras alterações, são esperadas as entradas de Filipe Augusto, Sálvio e Raúl para substituir Krovinovic, Rafa e Jonas. Existem aqui dois grandes problemas: o cérebro dos três primeiros juntos, não faz um cérebro de qualquer um dos outros e o principal problema, é que provavelmente isto será mesmo verdade.
No entanto, a situação poderia ser ainda pior, e se estivesse aqui o nosso amigo Murphy, então ele avisar-nos-ia de que a situação iria de facto ser pior. Svilar não recuperou e joga Bruno Varela. Bem, para compor o ramalhete, só mesmo se Pizzi fosse para o banco para entrar Fejsa, mantendo Samaris no 11, ficando Fejsa, Samaris e Filipe Augusto no meio-campo. Às tantas isto pode ser como a matemática e menos com menos dá mais…
Não será nada fácil ao Benfica conseguir ganhar na Rússia; se antes já não o era com todos à disposição, sem Rúben e Svilar é o voltar uns meses atrás. Sabendo que Rafa, João Carvalho, Zivkovic e Jonas também não deverão constituir opção, então será quase 100% coração e 0% cérebro. Com o frio que se fará sentir, o cérebro tenderia a congelar, vai daí, deverá ser mesmo melhor deixar os que têm cérebro no banco.
Então já perdemos?
Claro que não perdemos, aliás, até vamos ganhar! Ora reparem, se cá merecíamos ganhar e até jogámos com o Lisandro, então não haveríamos de ganhar em Moscovo?? O problema é que devíamos golear para conseguir ainda ficar em 2º lugar, por isso é que estou chateado, porque assim vamos ter que ganhar 5 ou 6 a zero aqui na Luz frente aos suíços e isso já vai ser mais complicado…mas pronto, lá terá que ser feito!
 
 

3 Comments

  1. Edson Arantes do Nascimento

    Medo. Muito medo. Devem estar felicíssimos os adoradores de cavalos, brutamontes e charruas.

  2. Felizberto Vermelhóide

    Medo não tenho nenhum, sou benfiquista!
    Os jogadores do Benfica têm todos uma cabeça, 2 pernas, 2 braços e um coração. Chega de teóricos da bola!
    Vamos surpreender!

  3. Fernando Aguiar

    Surpreender será mesmo o verbo, até porque duas pernas, dois braços e uma cabeça são coisas que tanto descrevem JVP e Aimar como Bruno Cortez e Fernando Aguiar.

Deixar uma resposta

Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: