Análise, Fejsa

Fejsa, o descomplicador

Fejsa regressou nesta jornada ao onze inicial do Benfica. A entrada do sérvio no onze deu logo um conforto tanto à equipa como aos adeptos.
Com o número 5 do Benfica em campo a consistência começou a verificar-se desde o 1° minuto de jogo quando comparado com outros colegas na sua posição. 
Com Fejsa viu-se uma cobertura tanto aos extremos como a Pizzi, constante, não só defensiva mas também ofensiva.
O sérvio mostrou-se sempre disponível na construção de jogo quando a bola era recuperada no nosso meio campo, procurando, inclusive, colegas em passe vertical dentro do bloco adversário como Jonas e Seferovic.
Outro dos “pormenores” que fazem de Fejsa um conforto para todos nós só por estar em campo é a grande percentagem de acerto de passes e de intercepções.
Agora só nos resta esperar que mais nenhuma lesão o volte a atormentar esta época, era meio caminho para o 37!

1 Comment

  1. 12.º Jogador

    “Agora só nos resta esperar que mais nenhuma lesão o volte a atormentar esta época, era meio caminho para o 37!”
    Não! Um Fejsa a 100 % é meio caminho andado para o “5”. O 5 vem antes do 37!

Deixar uma resposta

Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: