Análise, Transferências

Brexit invertido

Enquanto o Reino Unido tenta sair da Europa, Carrilo consegue o “transfer work permit” para atuar na liga mais competitiva do mundo. Pelo Tetracampeão, o “Culebra” nunca conseguiu serpentear as defesas e sempre que entrou foi alvo de ódios e paixões. Tapado por muitos extremos com imensa qualidade, nunca conseguiu ter os minutos suficientes para atingir a regularidade que a sua cabeça necessita para “abrir o livro”. O seu critério em posse sempre foi uma das principais armas, a falta de atitude e confiança os seus piores defeitos.
Ao serviço do Watford será fácil prever o que irá acontecer: caso jogue com regularidade, renderá, caso não jogue, será mais do mesmo. Porque qualidade não lhe falta e Marco Silva conhece-o (e tirou partido do seu potencial) como ninguém, estamos em crer que Carrillo fará uma boa época na Premier League.
E vocês? O que acham que acontecerá a Carrillo? Jogará o suficiente para o Watford exercer a cláusula de opção de compra de 20M€?

1 Comment

  1. David

    Acontecer lhe a o mesmo que olá john…

Deixar uma resposta

Theme by Anders Norén

%d bloggers like this: